Somos todos Iguais!


A maior e mais absoluta verdade, que ninguém nunca vai poder negar é que como seres humanos, somos todos iguais. E o mais legal disso é que ao mesmo tempo somos todos únicos e individuais! Dá pra entender?

Todos temos nossos pontos fortes e fracos. Gostos pessoais, crenças, ideias… Somos únicos em caracteristicas, e isso é o que nos torna mais especiais, mas perante Deus somos iguais. Ele nos ensinou a não ter preconceito, vide o trecho abaixo:

Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. (Galatas 3:28)

Agora muitos acreditam que em pleno ano de 2012 não existe preconceito, eu discordo! Existe sim! Dos mais diversos!

Entre os mais declarados  temos por exemplo “Ela tá acima do peso…” ou “Ela ainda é solteira“…  Os mais discretos, que não são tão declarados, como o preconceito com a cor da pele, ou religião. Uma vez que todo mundo sabe que é politicamente incorreto comentar isso… E o que dirá do preconceito a orientação sexual… Que muita gente ainda acha que é “opção”… Como assim???? 

Será que isso só acontece com as pessoas mais velhas? eu diria que não… Alguns jovens, nessa geração de consumo de informação instantânea, pela velocidade com que as idéias são disseminadas na internet, compram ideais com a velocidade que leem um título de um link, as vezes sem nem mesmo clicar para ler o texto… Um simples “meme”, uma foto… uma frase, uma piada e pronto! Nasceu um preconceito (por exemplo “Forever Alone”).

E a igreja? Com raríssimas exceções, quase sempre usa-se o pretexto do ensino “religioso” para difundir dos mais absurdos preconceitos… Nem vamos entrar no mérito histórico, afinal o que falar sobre atrocidades como a “Santa Inquisição” e mais atualmente a “Guerra Santa” do Oriente Médio! E foi isso que Deus ensinou? Of course que não!!!!!

Quase sempre para justificar algum ato de preconceito ou desigualdade usam-se trechos isolados da Bíblia.

A algum tempo eu li um ótimo texto na internet falando sobre entendimento da bíblia da qual empresto os conceitos abaixo:

Existem três coisas muito importantes de se ter em mente ao ler a bíblia:

Primeiro, sempre considere o contexto. Para entender qualquer passagem da bíblia é necessário primeiro entender o cenário e contexto no qual cada passagem foi escrita. Quem está falando para quem. Qual a intenção daquela frase. Em qual cultura ela está imersa? No caso das escrituras o contexto cultural e social varia enormemente de livro para livro. O mesmo vale para quem determinado texto é endereçado, a Bíblia tem textos dirigidos especificamente a sacerdotes, à pessoa comum, a pessoas casadas, a pais, etc. Não podemos tirar um trecho de uma mensagem e, tirando-o do contexto, aplicá-lo à população geral, isso apenas serve como uma forma de controle, não de divulgação da Palavra de Deus.

Em segundo lugar não se esqueça que a Bíblia começou como uma tradição oral e que foi escrita em línguas antiquíssimas (primeiramente hebraico no antigo testamento e grego no novo testamento) por muitos e muitos séculos. Somente depois é que ela foi copiada e recopiada das linguagens originais e traduzidas para outras línguas como o latim, o inglês e o português. Qualquer pessoa que fale ou leia mais de uma língua sabe que toda tradução carrega sempre uma boa parcela de interpretação e julgamento pessoal. Estas interpretações seguramente foram feitas sob a tutela de uns poucos interessados em poder por muitos e muitos séculos e ainda que vivêssemos em um mundo de boas intenções, tradutores e copistas são sempre humanos e portanto suscetíveis ao erro.

Em terceiro lugar temos que ter em mente que no momento em que os livros avulsos usados na época foram reunidos na Bíblia, a instituição religiosa se firmou, colocando junto com os sermões e leituras a política que desejavam instaurar, como se ao reforçar uma idéia deles (sacerdotes e imperadores) junto com o texto sagrado, esta idéia se tornasse sagrada também.”

Tudo tem que ser considerado, mas o mais importante de tudo é entender o maior ensinamento de Jesus!

Qual é a mensagem fundamenta da Bíblia e do Evangelho de Jesus? Como cristãos acreditamos que os textos hebraicos do Velho testamento são revelações divinamente inspiradas para seu povo escolhido além de um estudo relevante sobre a história do povo judeu. Acima de tudo é a primeira parte de uma história que culmina na rendenção.

Adicionalmente,como cristãos, nossa lei vem de Cristo e a lei das leis é o Amor. O cumprimento perfeito de tudo o que Deus quer é cumprido seguindo o mandamento duplo: “Amar a Deus e amar ao próximo.”

 Todavia, se estais cumprindo a lei real segundo a escritura: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo, fazeis bem. Mas se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, sendo por isso condenados pela lei como transgressores. (Tiago 2:8)

Para finalizar um lindo clipe com legendas em Português, que representa exatamente esse tema: Onde está o Amor? 

Agora fica uma dica da Bíblia para as pessoas que sempre preferem observar os outros com o ponto de vista preconceituoso:

“Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.” (Mateus 7:5)

Pronto, falei! :)

Que Deus ilumine a todos nós e nos ensine a cada dia sermos mais tolerantes e amarmos mais!

5 comentários sobre “Somos todos Iguais!

  1. Excelente texto, tema muito interessante e polêmico. Eu estou enquadrada no “Ela tá acima do peso” e “Ela ainda está solteira”. Mas nem me abala, sei bem quem sou em Cristo Jesus. Com certeza teriamos um mundo muito melhor se as pessoas fossem menos preconceituosas.
    Se olharmos os nossos irmãos com os olhos do coração não enxergaremos nenhuma diferença.
    Aprendi mais um pouquinho sobre a palavra .
    Que o Senhor continue te abençoando a cada dia, te dando inspiração e que junto possamos ajudar pessoas necessitadas da palavra de Deus.
    E o clipe é muito bom, tem tudo haver.
    Parabéns!!!!!!!!!!!
    Obrigada pelo texto. Sou sua fã!!!! Você sabe disso.
    Beijos no seu coração

    • Oi Lu obrigado! Eu na minha vida já fui incluido em vários tipos de preconceito e bullyng, só que na época a gente não chamava assim né, mas tudo bem, Deus sempre me sustentou e aqui estou eu! A música é um exemplo de combate ao preconceito… quando eu pensei no texto, já tinha pensado nessa música, mas demorei um tempo decidindo se deveria ou não colocar, por ser de uma banda “secular”… sem perceber eu estava sendo preconceituoso também… quando me dei conta tirei esse pensamento da cabeça, e aí está! Sucesso!!! Obrigado sempre pelos comentários e estou ansioso pelo seu próximo texto tb! Beijos!

  2. Olá – boa tarde.

    Se segundo Jesus Cristo – somos todos iguais – perante
    o “pai”, será que podemos comunicar-nos individualmente com deus, sem intermediação dele…???

    Um abraço – artur

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s